sexta-feira, 27 de julho de 2012

Maquiagem de Apresentação

A maquiagem das bailarinas é diferente daquelas maquiagens que fazemos no nosso dia a dia. Ela deve ser pensada especialmente para o palco, para o figurino e o cenário, para ficar em harmonia com toda a composição do espetáculo. Algumas dicas em comum podem servir, mas são muitas as especialidades desse tipo de maquiagem
 
No palco a bailarina está consideravelmente longe da plateia. A maquiagem deve ser pensada de forma a transmitir qual expressão facial é predominante naquela peça. Os olhos e a boca ficam muito marcados, enquanto a pele será preparada com uma base mais clara, para que os efeitos de iluminação não acabem transformando a bailarina em parte do cenário. A base mais clara do que a pele ajuda a luz a ser refletida e faz o rosto da bailarina se destacar. Todos os produtos utilizados na maquiagem de uma bailarina devem ser profissionais, com uma qualidade muito boa, para que a produção não fique borrada durante o espetáculo. Prefira os produtos em pó: tem uma textura mais agradável e uma tendência muito menor a derreterem com o calor ou com o tempo. É inadmissível que, no meio de uma apresentação, a sombra, a base ou mesmo o lápis da bailarina comecem a ‘derreter’, deixando a maquiagem borrada e feia. É recomendado que bailarinas utilizem primers ou fixadores para toda a maquiagem do rosto
Os batons devem ser escolhidos de acordo com a iluminação. Se na iluminação do espetáculo vai predominar a cor azul, o batom da bailarina deve ser de uma cor clara e forte. Se for escuro, vai deixar a boca preta. É claro que isso depende do efeito que se quer criar. Caso seja a intenção, uma boca bem escura pode ser conseguida com um batom em tons de vinho ou marrom. E outro efeito possível e interessante é deixar a boca no mesmo tom que a pele. O brilho labial não é recomendado, por sua textura ele tem maior facilidade em escorrer com o passar do tempo e não vai resistir ao calor do palco. Os olhos de uma bailarina devem estar sempre muito marcados e delineados. De preferência, o traço do delineador feito rente aos cílios superiores não deve encontrar o traço feito rente aos cílios inferiores. Não use lápis preto na linha de água do olho, prefira o branco: serve para abrir o olhar, deixando os olhos maiores e mais visíveis. Da mesma forma, o rímel é um acessório obrigatório, passe várias camadas. Cílios postiços também são válidos, mas a cola deve ser de excelente qualidade para durar o espetáculo todo. Um detalhe muito importante quando falamos de maquiagem dos olhos são as sobrancelhas. Elas devem estar muito bem feitas e desenhadas. Use um lápis de olho da cor da sua sobrancelha para completar as falhas e reforçar o desenho. Pode ser que de pertinho fique muito estranho, mas não se esqueça de que estamos falando de maquiagem para o palco. As sobrancelhas devem ter um traçado forte e devem ser um pouco longas
Não esqueça que a maquiagem para o palco é diferente da que usamos no dia a dia e deve combinar com a proposta do espetáculo. A maquiagem de uma bailarina faz muita diferença na composição final e na mensagem que as peças passam para o público

Nenhum comentário:

Postar um comentário